Regiões Produtoras – França

Scroll down to content

A história do vinho francês remonta aos tempos antigos, quando as primeiras vinhas foram plantadas na Gália. Os celtas são considerados os primeiros a plantar uvas na Gália e tiveram uma grande influência no vinho francês.

Os romanos trouxeram o conhecimento vitivinícola da Grécia e da Itália, plantaram vinhedos e construíram vinícolas, abrindo caminho para séculos de vinificação na França. Acredita-se que o vinho era conhecido pelos celtas na antiga Gália antes da conquista romana, e os registros mostram que a produção de vinho estava bem estabelecida quando Roma conquistou a Gália em 52 a.C.

A evidência arqueológica mais antiga encontrada até agora é um jarro decorado encontrado perto de Nantes, na França, datado de cerca de 300 a.C.

Conhecida pelos vinhos de acidez elevada com toques terrosos e minerais, divide suas áreas de produção de acordo com o clima em uma área com mais de 836.000 hectares sendo:

Norte Francês – com vinhos de acidez bastante elevada, aromas minerais e de frutas frescas, contando com a produção regional em Champagne, Muscadet, Loire, Borgonha e Alsácia e

França Central – com vinhos de acidez média, aromas terrosos e de frutas frescas, contando com a produção regional em Bordeaux, Beaujolais, Norte Rhône e Sauternes e

França Mediterrânea – com vinhos de acidez média, aromas de frutas maduras e sabores campestres, contando com a produção regional em Limoux, Provence, Rhône, Corbieres e Cahors.

Ahhh… aproveite e faça uma visita a minha Loja Wine, consulte ótimas opções e preços de produtos incríveis, e também se preferir me contate para harmonizar seu evento com os vinhos de acordo com o seu publico e preferencias, clicando aqui, combinado?

Devido as varias e importantes regiões vamos dividir esse post sobre a França em quatro partes, essa de hoje e mais três a saber: Bordeaux, Borgonha e Rhône.

Bem por hoje ficamos por aqui, semana que vem tem mais, informação para enriquecer seu caminho nessa deliciosa jornada, falaremos sobre as regiões produtoras de vinhos, vamos falar sobre a França – Bordeaux.

Mas lembre-se, sempre considere as regras, mas elas têm que atender essencialmente ao seu “gosto”, então não vire o chato do manual ao consumir ou participar de uma degustação, pode ser que o meu “melhor” vinho não agrade o seu paladar e isso não e crime, seja simpático e não critico, é comum acontecer que os gostos não combinem ok? Não precisa brigar por conta de nisso, alegria, felicidade e acima de tudo muita paz!

Santé!!!

O Guia Essencial do Vinho, Madeline Puckette e Justin Hammack, Editora Intrínseca

Associação Brasileira de Enologia – https://www.enologia.org.br/

Palco do Vinho – https://palcodovinho.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: